11 clouds com espaço gratuito para os seus ficheiros

0 Partilhas

As nuvens são um serviço indispensável para quem usa a Internet. Seja para armazenar ficheiros, para partilhar imagens com amigos e familiares ou para manter documentos sincronizados entre diferentes dispositivos (computador, tablet, smartphone…). Há cada vez mais serviços de armazenamento gratuito, com espaços que podem chegar aos 250 GB.

Aliás, a oferta é tão vasta que muitas vezes nem sabemos muito bem qual deles escolher. Algumas são mais adequadas para partilha de imagens, outras permitem um upload rápido e há aquelas que fazem a ligação perfeita entre o telemóvel e o computador. É tudo uma questão de saber qual a que mais se adequa às suas necessidades.

Em todas elas o espaço é bastante generoso – nalguns pode mesmo chegar aos Terabytes – mas claro, no meio de tanto vídeo e foto que vamos armazenando, os GB nunca chegam e, com o tempo, vamos ficando sem espaço na cloud. Felizmente há truques para aumentar o espaço disponível gratuitamente. E nós vamos revelar-lhos.

Então, venha descobrir algumas das melhores, mais espaçosas e completas nuvens da atualidade.

Mega
50 GB
https://mega.nz
É o campeão do espaço de armazenamento. Nenhum outro serviço chega sequer perto dos 50 GB que o Mega lhe oferece para armazenar os seus ficheiros. Além disso, dispõe de um sistema de encriptação que lhe permite guardar em segurança a informação lá armazenada, podendo ainda limitar a largura de banda usada pelo Mega. 

Se quiser fazer o download de uma grande quantidade de ficheiros ao mesmo tempo, pode transferi-los para o seu computador no formato ‘.ZIP’. Como é óbvio, inclui funcionalidades de partilha do conteúdo da sua nuvem com qualquer pessoa, mesmo que ela não tenha conta no Mega.

Pode enviar os seus ficheiros para a cloud através do programa de navegação, acedendo ao site da Mega e inserindo os seus dados de acesso. Mas também pode fazê-lo criando no seu computador uma pasta do Mega com ficheiros sincronizados (ou seja, as alterações que fizer a esses documentos no seu PC vão ser igualmente feitas na cópia do documento que está armazenada na cloud). 

Também pode usar o Mega no seu dispositivo móvel, havendo aplicações para Android, iOS e Windows Phone. O único senão é que não existem formas de conseguir espaço de armazenamento adicional mas, caramba, 50 GB dá mesmo para muita coisa. 


Meocloud

25 GB/5 GB
https://meocloud.pt
É um serviço português, o que traz desde logo a vantagem da língua (alguns dos seus concorrentes só usam versões em inglês), que pode ser bastante útil para compreender as funcionalidades da cloud ou para comunicar com os serviços técnicos, caso haja algum problema.

Depois há a questão do espaço: os 25 GB colocam o Meocloud entre os mais espaçosos serviços de armazenamento online (a par de gigantes como o Google e a Microsoft), mas apenas se for cliente da empresa. Se não for, fica somente com 5 GB de espaço para os seus ficheiros. E é também bastante simples de gerir (seja através da pasta no seu Ambiente de Trabalho ou através da versão online).

Outra garantia de segurança e bom funcionamento é o facto de fazer parte da Meo, uma das maiores empresas de tecnologia portuguesas, pelo que não corre o risco do serviço fechar de um dia para o outro, como acontece com outras clouds que pertencem a empresas desconhecidas.

Quanto ao resto, inclui as funcionalidades habituais nestes serviços: partilha de pastas e ficheiros, aplicações para dispositivos móveis, possibilidade de aumentar o espaço se cumprir determinados requisitos, etc.


Dropbox (Basic)
2 GB
https://www.dropbox.com/basic
Está longe de ser o que lhe dá mais espaço, mas é um dos mais antigos e fiáveis serviços do género. Por andar cá há mais tempo, inclui funcionalidades que lhe podem dar muito jeito. Por exemplo, se tiver armazenados ficheiros do Microsoft Office na sua Dropbox, pode editá-los diretamente no navegador, sem precisar de os abrir no Word ou no Excel. 

Além disso, é bastante rápido na sincronização entre ficheiros do computador e os da cloud (é, aliás, um dos seus pontos fortes). Também pode partilhar os ficheiros com outra pessoa, que não precisa sequer de ter conta no Dropbox. Quanto ao espaço, começa em 2 GB mas pode alargá-lo se cumprir determinados requisitos: passar a gerir o seu e-mail com o programa Mailbox, recomendar o Dropbox a amigos (500 MB por amigo), ou ligar a sua conta do Dropbox ao seu Facebook ou Twitter.


pCloud
10 GB
https://www.pcloud.com/pt/
É um serviço de caraterísticas algo inovadoras. Além do normal armazenamento e partilha de ficheiros, o pCloud gera um endereço de e-mail que será usado para enviar ficheiros para a nuvem. Só tem de enviar os ficheiros como anexo do e-mail e eles serão automaticamente armazenados (dá muito jeito quando queremos que outra pessoa, que não tem acesso à nossa conta, nos envie ficheiros para a cloud).

Também permite que esse acesso seja feito através do programa de navegação, criando um endereço URL ao qual esse utilizador – que não tenha conta no pCloud – pode aceder e armazenar ficheiros na sua nuvem.

Fora isso, dispõe de praticamente as mesmas funcionalidades dos outros – acesso pelo Ambiente de Trabalho, browser ou aplicações móveis – e dá-lhe ainda a vantagem de permitir guardar cópias de todas as imagens que partilha no Facebook, Instagram ou Picasa. O armazenamento é generoso (10 GB) mas pode chegar ao dobro se o leitor cumprir todas as etapas do programa de bónus (terá de convidar amigos, transferir aplicações, etc).


Box

10 GB
http://bit.ly/boxextra
Durante muito tempo foi conhecido como o Box.net e é um dos mais antigos ainda em funcionamento. A experiência da equipa que trabalha nesta cloud dá algumas garantias de estabilidade e segurança no serviço.

O ponto forte deste Box é a pesquisa, que permite encontrar rapidamente um ficheiro no meio das muitas pastas armazenadas na cloud. Além disso, também lhe dá a possibilidade de guardar ao mesmo tempo vários vídeos e imagens, usando a aplicação para smartphones e tablets. 

A partilha funciona bem e inclui uma ferramenta interessante, com a qual pode mostrar os ficheiros a outras pessoas, mas impedindo-as de fazer o download. Ou seja, podem visualizar mas não transferir.

O único senão é que só pode carregar na Box ficheiros até 250 MB e também não pode proteger os seus documentos e pastas com palavra-passe.


MediaFire
10 GB
https://www.mediafire.com
Criado para que o leitor possa aqui armazenar os seus ficheiros de media (vídeos, imagens, gravações de som), este serviço funciona no entanto como uma cloud perfeitamente normal.

Pode usá-lo para armazenar ficheiros, partilhá-los ou fazer cópias de segurança de tudo o que tem no seu computador. O espaço dá para isso, sendo que além dos 10 GB que lhe oferecem de origem, há a possibilidade de expandir esse espaço até aos 50 GB se fizer coisas como publicar referências ao MediaFire nas redes sociais ou fazer o download de aplicações da empresa.

Como é normal nestas coisas, o MediaFire é financiado apenas pela publicidade, pelo que os anúncios abundam um pouco por todo o lado. Um aspeto interessante é que terá de se ligar à sua nuvem pelo menos uma vez por ano, caso contrário a sua conta é cancelada e pode perder os dados que lá estão gravados.


Google Drive
15 GB
https://drive.google.com
Praticamente toda a gente o conhece e grande parte dos utilizadores da Internet tem acesso a ele, mesmo que não o use, nem tenha nunca acedido à sua cloud. É que basta ao leitor ter uma conta no Google (por exemplo, com um e-mail @gmail.com) para que lhe sejam atribuídos 15 GB de alojamento na cloud do Google.

Os 15 GB disponíveis parecem espaço que lhe vai dar para tudo e mais alguma coisa mas desengane-se o leitor. Desde há algum tempo que o Google utiliza o Drive para armazenar todos os dados, ficheiros e imagens associados aos vários serviços da empresa.

Por exemplo, os anexos dos e-mails do Gmail ficam automaticamente armazenados na nuvem, bem como as imagens publicadas no Google+, os ficheiros de texto ou folhas de cálculo dos Documentos Google e por aí fora. Quer isto dizer que, em pouco tempo, o leitor arrisca-se a encher a sua Drive e, se não tiver cuidado, esgotar rapidamente o espaço disponível na sua conta do Gmail (que está associada à cloud). 

Por esse motivo, recomendamos que não use o Drive para fazer backups, ou mesmo para armazenar fotografias (para isso existe o agora excelente Google Fotografias). Em vez disso, deve recorrer à Drive essencialmente para partilha ou trabalho de grupo com os Documentos Google, sendo que podem ser abertos no próprio navegador e editados por todos os utilizadores com quem foram partilhados.


OneDrive
15 GB
https://onedrive.live.com
Se tem uma conta na Microsoft, então o leitor seguramente terá acesso à cloud OneDrive. E o que é preciso para se ter uma conta na Microsoft? Simples: um endereço de e-mail @hotmail.com ou @live.com.pt . Aliás, se está a usar um computador com as versões mais recentes do Windows (8, 8.1 ou 10) então tem mesmo que dispor de uma conta, pois a Microsoft exige-lhe uma para aceder ao sistema operativo.

A cloud é interessante, apesar do espaço ser limitado quando comparado aos concorrentes. As opções de partilha são simples e bastante completas, podendo o leitor abrir e editar os ficheiros diretamente no programa de navegação, que vai abrir automaticamente o Office Online. Ou seja, não precisa de abrir o programa no computador. 

Por já vir de origem no Windows, a integração é muito simples e até já dispõe de uma pasta própria no explorador de ficheiros.


Outras clouds que deve experimentar
Além destes, existem ainda outros serviços de armazenamento online que são uma boa alternativa, apesar de algumas limitações. Ou porque o espaço disponível é curto, ou porque os ficheiros são eliminados ao fim de algum tempo sem serem consultados, ou por qualquer outra razão. Mas pode sempre experimentar e tentar perceber se, de alguma maneira, vai de encontro àquilo que procura.


Yandex.Disk
10 GB
https://disk.yandex.com
Pertence à empresa responsável pelo popular motor de busca russo Yandex Search, que oferece 10 GB de alojamento a quem criar uma conta. Inclui as opções mais básicas, mas é sempre uma boa alternativa a ter em conta.


CloudMe
3 GB
https://www.cloudme.com/pt
Dá-lhe acesso à cloud através de WebDAV, que lhe permite transferir ficheiros arrastando-os e largando-os no programa de navegação. Pode transferir vários ficheiros ao mesmo tempo, mas com um tamanho máximo de 150 MB.


Jumpshare

2 GB
https://jumpshare.com
É bastante rápido e versátil, estando otimizado para a técnica de arrastar e largar ficheiros. O programa de extensão de espaço dá-lhe a possibilidade de chegar aos 18 GB se os seus amigos aceitarem um convite para usar o Jumpshare.

Subscreva a nossa newsletter

Assine a newsletter e receba periodicamente novidades na sua caixa de correio eletrónico.

Subscreveu com sucesso a nossa newsletter!

Deixe uma resposta